domingo, 16 de setembro de 2007

Equalizando as idéias

Há sim!!! Rolou um AI-5 no meu antigo blog...
(na imagem acima, meu antigo blog....prisioneiro do UOL. Censurado, aliás....)



Bom, galera, vou explicar a "letra" que o Gravata (endereço do site dele na lista "links que estão em casa", neste blog) deu no site dele, sobre o fim do meu antigo blog.
Primeiramente, eu TINHA um blog, hospedado no UOL. Se chamava "A longa música chamada vida" e, até hoje, está endereçado em
www.jazzfunk.zip.net . É só entrar lá e ver o que rolou. O blog durou alguns poucos meses, porém, a grande sacada era os discos que disponibilizava lá para download.

Como sabem, vivemos uma época de mercado fonográfico falido, onde o disco caro de loja do artista de qualidade duvidosa é substituído por outras modalidades de aquisição de mídia, onde umas envolve grana e outras não. Em resumo:

Modalidade: Musica via internet


Onde?:baixadores, blog, orkut em comunidades, streaming (trama virtual, myspace e outros)


Quanto custa?: nada, basta ter um computador com banda larga e já era.

Modalidade: Música via comercio informal (camelôs, barraqueiros, vendedores ambulantes)
Onde?: nas ruas, em qquer local mais movimentado (vide Largo da Batata/SP)


Quanto custa?: em algumas barracas, R$3 o CD, com possibilidade de encomenda. O DVD sai uns R$5, incluindo títulos que nem no cinema chegaram ainda...


É de dar dó de dono de gravadora, pois o que tem de disco encalhado no mercado é brincadeira. Imagina: 1 disco na loja é R$25, no comercio informal é R$3 o mesmo disco. Aí, o mercado tenta jogar sujo, dizendo que os discos que são adquiridos no comercio informal causam pane no aparelho....ora! então nenhum micro deveria ter gravador de CD embutido, certo? Pura balela....


Enfim, voltando ao meu antigo blog, este disponibilizava discos inteiros para baixar. Discos de artistas como Miles Davis, Herbie Hancock, Earth, Wind and Fire, coletâneas de funk, jazz, blaxploitation dos anos 60/70, streamings de bandas da cena indie e outros temas. Um belo dia, vou tentar efetuar o "log on" e naum consigo. Surge na tela uma mensagem do UOL: "infelizmente, seu log in neste blog não poderá ser mais efetuado devido a um desacordo com os termos de uso. Qualquer dúvida, entrar em contato". Ou seja, o UOL censurou o blog por conta dos discos. Haviam me avisado dos riscos de por discos em blog nacional, mas nunca dei atenção....enfim...


Resumindo, no blogspot naum existem essas coisas....e aqui estou....rsrs!!


Divirtam-se! Vou pôr discos pracaralho aqui.....ninguem vai segurar!!Afinal de contas, naum tenho nada a ver com os problemas dos antigos "barões do fonograma" que estão falindo. Eu quero é música boa, para ouvidos bons...e DE GRAÇA saca?

(Escutando: FX Project - "Pais dos Povos")

Abs!

4 comentários:

Pietro Juggzz disse...

tadinhos dos donos de gravadora.......mamaram tanto nas tetas da cultura, investindo em sujeiras como jabá e falcatruas.....
esse é o fim que eles mesmos planejaram.....
e viva a música livre!!!! viva!!! viva!!! viva!!!

Grande abraço meu irmão!!!
PJ

Marcos "WoodBass" disse...

MORTE AOS ANTIGOS BARÕES DO FONOGRAMA!!!
QUE ELES ENCONTREM O PINOCHET, O HITLER, O SADDAM E TUDO MAIS DE RUIM NO INFERNO!CANSARAM DE EXPLORAR A MÚSICA DE FORMA CRIMINOSA!!!!
OS ARTISTAS INJUSTIÇADOS COMEMORAM A RUINA DAS GRAVADORAS!
MÚSICA LIVRE PRÁ SEMPRE!!!!

Alexandre Gama disse...

Maravilha cara! Vida longa ao blog!

The Hi-Brazilian Blogger disse...

baseados nesse pressuposto, o pessoal do Hi-Brazil está preparando seu album digital de estreia, Let's do The Samba! O trabalho será registrado como Creative Commons e todos poderão baixar as músicas à vontade. O album ficará pronto em dezembro, mas no blog do Hi-Brazil dá para se ter uma idéia do que vem por aí...

http://hi-brazil.blogspot.com